Em viagem com Foco

tappa 102Política

Não o cidadão toma valor da nação, mas a nação toma valor dos cidadãos. Não vem antes a política e depois o direito dos indivíduos; a política é direcionada a tutelar o direito dos indivíduos na comunidade.

Igino Giordani, Rivolta cattolica, Coletti, 1945, p. 39

A política, de arte de governar os povos para o bem deles, autoridade constituída a serviço do povo, com muita frequência se transforma para fazer o mal dos povos: autoridade que se reverte em domínio, pondo, ao próprio serviço, o povo. Na realidade, a política, nos regimes assim chamados totalitários e imperialistas e em certas fases do capitalismo, se tornou a arte de massacrar os homens, consumindo-os e varrendo-os para longe num esforço desumano e mal retribuído ou arrastando-os em aventuras de guerra, que, a este ponto, não são nada mais do que esfomeamentos e matadouros.

Igino Giordani, Disumanesimo, Morcelliana, 1948, pp. 48-49

É ato de heroica santidade entrar na luta contra o avanço da loucura no terreno político: lançar a alma num desafio arriscado pela saúde dos irmãos, para servir os mais desafortunados. O esforço da política deveria ser um esforço da caridade e, portanto, uma pressão para superar as divisões de partes e classes internamente, de raças e línguas externamente.

Igino Giordani, Disumanesimo, cit., p. 50

Há quem pensa que se deva doar exclusivamente à política, ao sindicalismo, às atividades sociais, inclusive tendo por objetivo a construção do Reino de Deus na terra: há quem exclui as atividades temporais tendo por objetivo aquela construção. É ação uma e ação a outra: se trata de harmonizá-las. Política e filosofia, muitas vezes, demasiadas vezes, se aliando com as paixões de exploração, reduziram o homem a um escravo tremente aos pés do Fado ou do patrão: a única coisa válida a fazer se tornava morrer.

Igino Giordani, Il popolo di Dio in cammino, Città Nuova, 1967, pp. 82-84

O homem político, o cidadão, se é alguém que crê, traduz nas obras públicas a sua fé: ou seja, faz delas o terreno experimental da justiça e da caridade, para a produção do bem comum. O socialista protestante Stafford Cripps dizia que a democracia, para se manter de pé, deve se fundamentar numa vida de oração. Numa religião vivida. Caso contrário, se presta aos abusos dos astutos.

Igino Giordani, Il popolo di Dio in cammino, cit., pp.168-170

O sacerdote cumpre o seu dever com o sacrifício eucarístico e o ministério dos sacramentos; os pais o cumprem gerando e educando os filhos, os artistas criando beleza, os cientistas descobrindo a ciência, os políticos regendo as comunidades.

Igino Giordani, Il popolo di Dio in cammino, cit., p.176